Ode ao elogio

Homens: elogiem! Não falo sobre cantadas que nos fazem sentir um pedaço de carne em exposição, mas sobre o simples “você está linda!”. Quebra gelo, acaba com brigas e birras e melhora o sexo. Mulheres, seja a gostosa do BBB ou a atriz de Hollywood, são inseguras e precisam, sim, de estímulos.

Não que seja preciso um homem para mudar o astral ou nos trazer confiança. Somos capazes, sim, de nos amar sem namorado, caso, ou marido. Mas um comentário assim, alheio e desprendido, além de surpreender, poe um sorriso no rosto de qualquer mau humorada. E até a Zooey Deschannel deve acordar, vez ou outra, se achando uó do borogodó.

Sou mais elogiada pelos meus amigos do que por todos os namorados que tive na vida – o que exclui a teoria de que homens são distraídos e não reparam em mudanças. Então, elogiem: não custa nada e é melhor que um buquê de flores.

E mulheres: peguem leve. A vida é mais divertida quando a gente não se leva tão a sério. Vamos siamar independente de elogios ou críticas.

Anúncios

2 comentários sobre “Ode ao elogio

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s